terça-feira, 14 de março de 2017

Se quer realizar os seus desejos não limite os seus sonhos





Não limite os seus sonhos
Se eu te pedir para tirar uns minutinhos e relaxar, limpar a mente e se concentrar no grande sonho da sua vida, quanto tempo você levará?

Você vai imagina-lo com riqueza de detalhes ou só superficialmente?

Você pode descrever, com precisão, qual é o “maior sonho da sua vida”, hoje? 
E alguma vez você já pensou em traçar um plano para alcança-lo?

Se a sua resposta para a última pergunta for “Não. É IMPOSSÍVEL.”, então vou pedir para você mudar de sonho. Para pensar em algo que você considera “difícil” porém REALIZÁVEL. Porque na vida a gente tem dois tipos de sonho, aquele sonho, de ser um astro do rock por exemplo, e a gente pensa em como seria legal fazer parte dos Stones e a gente tem aquele outro tipo de sonho, de montar um bistrô em uma cidadezinha litorânea, e que, às vezes, a gente considera tão impossível quanto ser rockstar, porém, uma coisa diferencia um do outro: As batidas do coração. O nosso sonho do astro rock não acelera nossos batimentos, pois sabemos que é um “delírio”, algo que nunca nem sequer dedicamos energia para senti-lo, mas, o sonho do bistrô nos faz vibrar por dentro, nosso coração bate mais forte quando vemos alguma imagem que nos remeta a ele, e isso se chama DESEJO.

Só o pensamento não te levará a lugar algum. Mas o desejo... O desejo é o primeiro grande PASSO para que o seu – até então – Sonho, vire realidade.  Então, antes de responder à minha última pergunta lá em cima, responda as primeiras novamente e quando achar que não tem sequer por onde começar a traçar um plano concreto para a empreitada do teu sonho, lembre-se: Você tem o DESEJO, que é o principal.
Quando for parar para visualizar o seu desejo se concretizando, não o limite. 

Não tente encaixa-lo à sua realidade atual. Pense que você terá que se encaixar à uma nova realidade quando o teu sonho começar a acontecer no plano físico. E que a única pessoa que pode limitar essa realidade é você mesmo.
Então, vamos recomeçar: Visualize seu maior desejo nessa vida. Com riqueza de detalhes. Pense no cardápio do seu bistrô, no tipo de fonte que usará, no design...nos móveis que irão compor a decor. Ou pense nas fotos que você vai tirar na sua viagem para Amsterdã, no tipo de roupa que você usará, se estará frio ou calor. Visualize o rosto de cada convidado durante a sua entrada na igreja no dia do seu casamento, e tenta imaginar as emoções que eles estarão sentindo.

As crianças têm a imaginação fértil e realmente têm o poder de se entreterem com pouca coisa, elas transformam caixas de papelão em castelos, bonecas em melhores amigas e não raro desenvolvem verdadeiro AMOR por algum objeto “inanimado”. Inanimado para nós, que quando crescermos perdemos nossa capacidade de Sonhar por tanto, de SENTIR e ACREDITAR. O cérebro infantil não consegue distinguir a realidade da imaginação  pois ambas causam EMOÇÃO, ou seja, ambas causam a sensação da EXPERIÊNCIA. Por isso elas acreditam que tem um bicho papão dentro do armário ou embaixo da cama, pois o medo é real e o cérebro interpreta como um perigo iminente.

Exercícios de visualização têm esse poder em nós, adultos. Desde que façamos como na infância e nos permitamos SENTIR e ACREDITAR.
Por isso, o nome dessa série de posts meus sobre o imenso poder mental chama-se “SINTO, LOGO EXISTO – O PODER DO SENTIR”, pois não quero parafrasear Reneé Descartes, na verdade, me perdoem a audácia mas eu discordo dele quanto a afirmação de “Penso, logo existo”, pois CREIO que só pensar não é suficiente, é preciso SEN-TIR.

São as sensações que nos dão as diretrizes da vida. Você pode casar com alguém que seja teu amigo, mas no dia que encontrar quem faça seu coração disparar, não vai ter jeito... Você pode ler um livro inteiro que não te causa nada, e no entanto, vir às lágrimas com um poema de 4 estrofes...

Não cerceie seu direito de sonhar. Não se imagine numa casa mais ou menos, com um carro mais ou menos, não diga ao seu sonho “Eu já me contentaria com isso”, pois essa NÃO é a intenção de sonhar. Permita-se EXAGERAR, expandir e usufrua de toda a abundância que você imagina que existe no mundo. Primeiro você precisa INCORPORAR e se familiarizar com as sensações, só desta forma o Universo saberá que você estará apto para viver o seu sonho.

Live the dream!

A “realidade” começa a existir, primeiro, dentro de nós.

Permita-se CRER e SENTIR.

Conteúdo retirado da apostila “Sinto, Logo Existo – O poder do sentir” de Bruna Stamato

Nenhum comentário:

Postar um comentário