sábado, 4 de fevereiro de 2017

Dicas simples para fazer as energias fluírem em 2017





Já estamos no segundo mês do ano. E se você continua com aquela sensação de que mudamos de ano, mas que nada mudou, então sugiro que você continue lendo esse artigo!
Uma reclamação muito frequente que escuto sempre dos meus amigos leitores é que eles têm a nítida sensação de que a vida, de repente, fica estagnada.
As coisas não andam, os relacionamentos não progridem e os projetos não saem do papel. Nosso primeiro é impulso é reclamar de tal situação, é conversar com os amigos e falar do assunto. Ficamos irritados e nos achando seres sem sorte.
E aí que mora o verdadeiro perigo: Quando falamos, enfatizamos o assunto, e isso atraí mais desde assunto pra nossa vida. O Universo não sabe ler nas entrelinhas e distinguir se estamos reclamando ou adorando, o Universo só capta a mensagem que enviamos e como um espelho, nos devolve de volta mais daquilo que recebe.  Então, se focarmos no problema, atrairemos mais desse problema e é assim que entramos na famosa “maré de azar”.
A maré de azar nada mais é que um período da vida em que algo pequenos de errado nos acontece e nós o transformamos em algo grandioso, damos muita importância à essas pequenas coisas e desta forma atraímos coisas negativas muito maiores, quando nos damos conta, virou uma boa de neve. A única pessoa que pode te tirar dessa maré, é você mesmo.

Pode parecer loucura o que vou te dizer, mas quero que você tente, sem pré – conceitos, apenas tente o que vou sugerir:

Em 1º lugar, não analise a situação como um todo, não dê uma panorâmica nos problemas, analise na ordem em que eles se apresentam. Qual é o próximo problema que você tem que resolver?
Comece a fazer uma lista dos prós e dos contras dessa situação conflitante.  “COMO ASSIM, PROBLEMA TEM PRÓS?”, tem! Por exemplo, uma situação de desemprego, onde você está muito angustiado, e só pensa “eu não consigo um emprego”, mas esse tempo livre pode estar servindo para outras coisas, tipo pegar os filhos na escola, ajudar nas tarefas domésticas ou estudar para um concurso...Tente achar pelo menos 1 ponto “positivo” da situação e foque em AGRADECER por ele! Agradeça ao tempo livre e por estar podendo ajudar alguém, e se ainda não o faz, tente ajudar alguém, pelo menos durante uma tarde, e sinta-se grato por esta oportunidade. Ajudar aos outros é uma excelente forma de ajudar a si mesmo.

Agora, ao invés de repetir “eu não consigo um emprego”, experimente repetir “eu quero um emprego!”. Foque no que você DESEJA conseguir e não no que NÃO quer para si. e quando tiver que falar com as pessoas sobre essa situação diga “Está tudo bem. Estou analisando as possibilidades.” Porque na maioria das vezes nessas situações que se prolongam além do que nos parece tolerável, é porque Deus ou as forças universais (chame como preferir), estão tentando nos mostrar algo, nos ensinar...nos dizer alguma coisa! E mesmo essas situações trazem consigo grande bagagem de aprendizado. Crises são ótimas professoras, aprenda com elas!
Então, procure algo pra ser grato hoje, agora!

O segundo passo é para enumerar os pequenos problemas, esses do dia - a – dia, que são quase imperceptíveis, mas que por isso mesmo os ignoramos e desse jeito não resolvemos nunca. Se proponha a resolver 1 desses problemas por dia. E vá riscando do caderno conforme for resolvendo. Faça isso durante 7 dias. Você verá que já é suficiente para que pequenas mudanças comecem a acontecer.

Como por exemplo: Trocar a lâmpada da área de serviço...comprar um varal novo. Limpar os sapatos. Organizar a gaveta de roupa íntima e jogar fora as contas velhas. Aliás, essa é minha terceira fica, aproveite para faxinar a casa e jogar fora tudo que é antigo! Contas antigas, fotos que não te servem mais. Quando nos livramos do velho, abrimos espaço para o novo! Acenda um incenso, coloque uma boa música, tome um copo de vinho e arrume as tralhas! Quando arrumamos os ambientes externos, fica muito mais fácil arrumar a mente, acredite! Você vai começar a se sentir bem melhor quando à medida que for vendo que consegue dar conta dos problemas e atingir a sua meta pessoal, que é eliminar 1 por dia.

Ter metas pessoais é minha quarta dica! Seja qualquer meta: Juntar dinheiro para uma viagem, trocar de geladeira ou comprar um novo par de sapatos. A mente humana trabalha bem com metas, o que não podemos é deixá-la correr solta à revelia. Porque aí perdemos o foco, o controle sobre a nossa própria vida e ficamos sujeitos a pensamentos ruins. Estabelecer uma meta irá te motivar. E a sensação de devem cumprido, de ter sido capaz de atingir essa meta é muito melhor do que a própria meta, em si!

Minha quinta dica parece óbvia mas, nem sempre é: NÃO FUJA DOS PROBLEMAS. Não os evite, não os jogue lá pra frente como um cheque pré datado que você não terá certeza se poderá cobrir o valor, porque isso só prolongará seu perrengue e sofrimento. Você vai perder noites, vai perder o apetite ou comerá de mais por ansiedade e vai refletir na sua saúde. 99% dos problemas são DIALOGÁVEIS. Claro que não é agradável fica em uma posição desfavorável para negociar uma dívida, por exemplo. Mas se faz necessário. E não ha mal algum nisso, todo ser humano vai, em algum momento da vida, atravessar uma crise. 10% do problema é a crise, os outros 90% são a forma que VOCÊ reagirá à elas.

VIVA O HOJE! Minha sexta e indispensável dica. Um dos maiores problemas da humanidade, é o excesso de ansiedade! É se culpar pelo que já passou e não podemos mudar e pelo que nem aconteceu ainda! E que não podemos afirmar que irá acontecer! Pois não sabemos o dia de amanhã...daqui há 20 minutos muita coisa já pode ter mudado... E essa é a magia da vida. O mundo muda e os problemas mudam também. Por tanto, temos que mudar nosso ângulo de visão, às vezes a sombra que o problema está fazendo é maior do que ele em si, como um ratinho que projeta a sombra de um monstro na parede. Mude o ponto de vista e você não enxergará mais a sombra.
Por fim, mude sua óptica sobre você. Não é porque vocêr não conseguiu da última vez que tentou, que você irá fracassar novamente. Você já é outra pessoa, uma pessoa em plena evolução, uma mente aberta, e se adotar novs maneiras de pensar e principalmente de AGIR, você com certeza irá descobrir também um novo mundo. Tudo depende da frequência que emitimos.
Como é possível modificar o nosso reflexo no espelho? A gente pode ir até o espelho, tentar mudar o reflexo com as mãos, mas só iremos conseguir se mudarmos a nós mesmos. Lembre-se disso!
Você é capaz!
Sucesso!

Bruna Stamato

Nenhum comentário:

Postar um comentário