segunda-feira, 26 de junho de 2017

Eu quero você pra mim

eu-quero-voce-pra-mim-foto-02
É tão difícil de entender?
Acho que não, né?!
Eu quero você pra mim. Não as tuas fotos na minha timeline, baby. Não os teus smiles no meu whatsapp, eu quero teus smiles com som alto, da tua gargalhada gostosa quando você ri de verdade. No face-a-face, no teti-a-teti; Sem roupas; Sem conexão ruim; Sem tanta formalidade.

Eu quero você com todos os teus problemas, e essa vida complicada. Eu quero você pra curtir as festas, ou para fazermos nós dois a nossa balada. Eu quero você ás 6:45 da manhã depois de uma ressaca…e ás 8 da noite, depois de um dia ruim no trabalho. Eu quero você ás 6 e meia na Marginal engarrafada e ás 2 da manhã fazendo amor comigo por toda a madrugada.
Ficou claro agora? Eu quero você de qualquer jeito.
Eu quero você pra subir a serra ou cair na vida! Pra andar de mãos dadas ou apostar uma corrida. Pra ser teu parceiro (a), sem mais nenhuma despedida.

Eu quero você num Resort 5 estrelas ou no colchão no chão do teu quarto. Na praia, numa cachoeira, no banco de trás do teu carro quebrado!
Louco?! Louco é quem me diz que o amor é abstrato!
Eu…eu quero te pegar no colo, te fazer cafuné, e morar contigo aonde você quiser.
Eu quero te apresentar para toda a minha família. Te abrir meus álbuns de infância e o meu coração. Eu quero te fazer uma declaração, aos pés da tua janela, como manda a tradição. Eu quero fazer tudo direito, com jantar à luz de velas, segurando na tua mão.

Eu quero te levar daqui, sem dia pra voltar e sem ter que dar explicação.
Eu quero você pra mim. Com as tuas manias esquisitas, com teus pensamentos anarquistas, com teus pontos de contradição… Com essa tua alma esfuziante, que você até tenta esconder – em vão.  Eu quero você com os teus traumas do passado e teus pés atrás com o futuro…me deixa te mostrar, que como a minha mãe já bem dizia, eu não sou todo mundo. Eu não vou te fazer sofrer, porque eu quero sim você, mas não pra passar um tempo e ir embora, um tempo só não vai me satisfazer, eu quero você pra vida toda, e eu te quero aqui, agora.
Eu quero ter filhos com você, ter um lar contigo, criar cachorros, coelhos e ir pra pracinha aos domingos.
Eu quero que você seja pra sempre o meu par na valsa; Na vida; No tudo; E no vazio; Quando tudo tiver se transformado no nada, quando os teus pés tiverem frio… Quando o pouco tiver se multiplicado e nós não passarmos mais apertos, ainda assim, meu bem, eu ei de escolher ter você por perto.
Na nossa cobertura na praia, tomando Prosecco e curtindo os nossos netos…
É tudo especulação, eu sei, mas meu amor por você é real, é surreal, é imenso, nem sei explicar ao certo, só sei que é concreto.
Eu quero você pra mim. Simples, desse jeito!


Bruna Stamato

Nenhum comentário:

Postar um comentário